terça-feira, 1 de novembro de 2011

Música boa para crianças: CD "Quando eu crescer" do Éramos Três

faça o download gratuito do CD aqui: http://eramostres.com/download/
Adorei esse CD quando eu escutei! Ganhou o 22º Prêmio de Música Brasileira na categoria Melhor Album Infantil!

Um elefante apaixonado por paçoca de urubu. Um lobisomem de capa preta. Uma onça com bafo de... onça. 
Esses são alguns dos protagonistas da fantástica sinfonia reunida no CD Quando eu crescer, trabalho de estréia do grupo mineiro Éramos Três, com composições de Fernanda Sander dedicadas ao público infantil.

Produzido entre amigos de forma independente, Quando eu crescer demorou quatro anos para ficar pronto. Tempo suficiente para conciliar harmonias simples com experimentalismo e sofisticação na escolha dos timbres e dos arranjos. São treze faixas que fazem uma leitura divertida e delicada do universo infantil, contrapondo sonoridades familiares como a matraca e a caixinha de música com a força de guitarras e tambores.

Parte das canções surgiu em salas de aula, pátios e embaixo de árvores, nas escolas onde Fernanda lecionou musicalização. Ao mesmo tempo em que respeitam a inteligência dos pequenos, despertam brincadeiras e atiçam o imaginário.

13 faixas que conciliam harmonias simples com experimentalismo e sofisticação na escolha dos timbres e dos arranjos, fazendo uma leitura divertida e delicada do universo infantil.

Éramos três:
Integrantes
Fernanda Sander – voz.
Eduardo Borges – violão, guitarra, percussão, programação.
Filipe Guerra – violão, guitarra, baixo, programação.
Jalver Bethônico – percussão, efeitos sonoros.
Vai ter show em BH no próximo dia 05/11/11, no teatro Dom Silvério! 





O Éramos Três (http://eramostres.com/) surgiu em 2005, quando quatro amigos se juntaram para produzir canções para crianças. A proposta do grupo é desenvolver um trabalho lúdico e atrativo aos pequenos, sem que para isso seja necessário abrir mão da qualidade estética e musical. O grupo defende que a música para crianças não deve subestimar a intelligência e a inventividade de seu público-alvo. Ao contrário, o universo infantil abre um amplo território para exercício da experimentação e da criatividade, que só têm a contribuir para a qualidade do resultado musical.

Postar um comentário

Postagens populares